AL Seguros

Inovação - 175 milhões para projetos de execução rápida

Abriu um concurso de incentivos à inovação no valor de 175 milhões de euros, no âmbito do Portugal 2020. As candidaturas estão abertas até 15 de setembro. 

Estes apoios destinam-se a “projetos de execução rápida no domínio da inovação produtiva”, anunciou o Ministério da Economia em comunicado.

O objetivo é promover o investimento das empresas ainda em 2016 e no próximo ano, através de um concurso com uma maior agilidade de procedimentos e prazos mais curtos, quer em termos de período de candidaturas quer na tomada de decisão e notificação às empresas.

Estão abertas candidaturas a grandes empresas e PME para o apoioa ao desenvolvimento de projetos de investimento nos domínios da diferenciação, diversificação e inovação, na produção de bens e serviços transacionáveis e internacionalizáveis. Destina-se ao cofinanciamento de investimentos localizados em todo Portugal Continental (Norte, Centro, Lisboa, Alentejo e Algarve).

Como se trata de projetos de execução rápida, o investimento deverá ser realizado no prazo máximo de 12 meses e, pelo menos, 20% do total de investimento deverá ser realizado até 31 de dezembro deste ano. Está ainda prevista a atribuição de uma majoração da taxa de incentivo reembolsável no valor de 10 pontos percentuais para as empresas que concretizem o investimento dentro do prazo previsto nos termos do concurso.

Este concurso do Sistema de Incentivos à Inovação Produtiva inscreve-se no Programa do Governo “Acelerador de Investimento Portugal 2020”.

O concurso é financiado pelos Fundos Estruturais e de Investimento do Portugal 2020.

OJE, 05/08/2016