AL Seguros

Governo lança apoio à internacionalização de startups de turismo

O objetivo desta nova linha é “ampliar a participação de startups portuguesas em feiras internacionais do setor, através do Turismo de Portugal”.

As candidaturas para a participação nas quatro feiras internacionais estão abertas entre 1 e 15 de julho e podem ser efetuadas no portal do Turismo de Portugal.

Depois de uma experiência-piloto com oito startups portuguesas nas feiras IMEX e Arabian Travel Market, o Governo decidiu abrir um concurso para as Startups de turismo com interesse em participar no stand de Portugal nas próximas quatro feiras internacionais a IFTM, a WTM, a IBTM e a ABAV.

Ana Mendes Godinho sublinhou que este novo apoio à internacionalização “é uma forma de distinguir projetos inovadores, que criem valor e que reforcem a ideia de Portugal como destino turístico de referência. A aposta no empreendedorismo e na inovação do setor do turismo é o que torna o setor competitivo a nível europeu e global e o que vai criar valor e mais e melhor emprego no turismo em Portugal”.

O Programa Discoveries arrancou, em junho, com 21 equipas, e teve como alvo principal as Startups de tecnologia vocacionadas para a criação e implementação de produtos, serviços e soluções de negócio inovadoras que possam contribuir para posicionar Portugal como uma referência de inovação na área do turismo.

O Governo assinala que “a presença de startups de turismo em feiras internacionais é fundamental e estratégica, designadamente no âmbito da aposta do governo no empreendedorismo, na inovação e na internacionalização das empresas portuguesas”.

A iniciativa enquadra-se no âmbito do programa “Road to Web Summit” e tem como objetivo central dotar as empresas de conhecimento de mercado e experiência internacional. Deste modo os projetos preparam-se para poderem apresentar com maior garantia de sucesso os seus projetos na mais importante conferência europeia de tecnologia, empreendedorismo e inovação, a Web Summit, que se terá lugar em Portugal entre 7 e 10 de novembro, em Lisboa e nos dois anos seguintes.

OJE, 01/07/2016