AL Seguros

França e EUA estão de acordo para evitar escalada comercial

A França está pronta para adiar o pagamento da taxa digital para dezembro de 2020" e "os Estados Unidos estão preparados para suspender as sanções" que ameaçavam adotar contra produtos franceses durante esse tempo, afirmou, após um encontro em Davos com o secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin.

Segundo Bruno Le Maire, que falava à margem do Fórum Económico Mundial, França e Estados Unidos encontraram "um quadro global comum" sobre o projeto de taxa digital francesa que tem irritado os Estados Unidos.

"A França não aceita retirar ou suspender a taxa enquanto não houver uma solução internacional", acrescentou o ministro para explicar que não cedeu à pressão norte-americana.

"Temos que nos entender sobre uma base comum de trabalho" com os Estados Unidos para fazer avançar as negociações no seio da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) tanto para um imposto digital internacional, como para uma tributação mínima das empresas", afirmou Le Maire, acrescentando que voltará a falar na quinta-feira com o seu homólogo norte-americano sobre o assunto.

Notícias ao Minuto, 22/01/2020