AL Seguros

40 por cento dos acidentes rodoviários ocorrem ao estacionar

As colisões que ocorrem durante manobras de estacionamento representam 40% do total de acidentes rodoviários. Esses números representam um acréscimo de cerca de perto de 30% em apenas 10 anos. Esta é a principal conclusão de um estudo elaborado pelo Allianz Center for Technology (AZT) e pela Continental AG, que analisou as causas e consequências de mais de 3.500 acidentes de viação.

Ainda de acordo com dados recolhidos pelo AZT e pela Continental AG, 70% dos acidentes acontecem quando os condutores realizam manobras de marcha atrás e oito em cada dez acidentes são provocados por manobras de saída do estacionamento. A faixa etária de mais 65 anos é mais propensa neste tipo de acidentes (30 por cento) do que os condutores com idades compreendidas entre os 25 e os 64 anos.

A percentagem de feridos registada em acidentes ocorridos em manobras de estacionamento é bastante mais reduzida quando comparada com colisões ocorridas em estrada (cerca de 4% do total de feridos registados). No entanto, quase metade destes acidentes (44 por cento) resulta em ferimentos para os ocupantes do veículo ou para terceiros, com ciclistas e peões no topo da lista de vítimas mais frequentes. Um crescente recurso a sistemas de estacionamento assistido, com mecanismos autónomos de travagem poderá, no futuro, reduzir muito o registo de acidentes ocorridos em manobras de estacionamento conclui o estudo conjunto da AZT e a Continental AG.

Mundo dos Seguros 08/05/2015