AL Seguros

Primeiro trimestre de 2015 regista um aumento do número de insolvências

  • O primeiro trimestre de 2015 contabiliza 1.536 insolvências de empresas em Portugal, o que representa um crescimento de 7% face a igual período do ano anterior.
     
  • Cerca de 70% das empresas insolventes são Microempresas.
     
  • 23% do total das empresas insolventes são do sector da Construção, apesar deste sector registar uma melhoria comparativamente com igual período do ano anterior.
     
  • Estudo regista entrada em PER de 271 empresas, o que representa um aumento de 3% comparativamente com o ano 2014.
     
  • Nos últimos 12 meses, 31% das empresas em PER viram o seu plano homologado.

A análise de Insolvências e PER realizada pela COSEC registou um total de 1.536 insolvências e de 271 PER no primeiro trimestre de 2015 em Portugal, o que representa um aumento de 7% e de 3%, respetivamente, face a igual período do ano anterior. O sector da Construção continua a ser o sector com maior número de casos de insolvências, representando 23% do total em 2015, pese embora o registo de um queda de 4% face a igual período do ano passado. Os distritos de Lisboa (24%), Porto (20%) e Braga (12%) continuam a registar o maior número de insolvências no ano.
Os dados do primeiro trimestre de 2015 apresentam assim valores elevados tendo em atenção a evolução registada nos principais indicadores da economia nacional.

Processo Especial de Revitalização

271 empresas solicitaram a integração no Processo Especial de Revitalização (PER), nos primeiros três meses de 2015, um resultado que representa uma variação de +3% comparativamente com valores homólogos de 2014.

Nos últimos 12 meses, entre abril 2014 e março 2015, 847 empresas nacionais solicitaram a sua integração num PER, sendo que:
 

  • 31% tiveram homologação do plano de revitalização;
     
  • 10% estão em situação de regime de insolvência confirmada por declaração do Tribunal;
     
  • 8% regressaram ao giro comercial sem acordo do plano;
     
  • 52% estão a aguardar resposta de decisão, sendo que 35% destes processos em aberto estão dentro do prazo.

COSEC 28/04/2015