AL Seguros

Volume de negócios na hotelaria algarvia aumenta 13,5 por cento em outubro

Os hotéis e os empreendimentos turísticos no Algarve faturaram mais 13,5% em outubro deste ano em comparação com o mesmo período de 2015, revelou hoje a maior associação de hoteleiros da região.

O volume de vendas subiu 13,5%” relativamente ao mesmo mês de 2015, informou a Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) no balanço mensal provisório da atividade do setor.

A taxa de ocupação global média/quarto acompanhou o aumento do volume de vendas, tendo registado um aumento de 6,4%, situando-se nos 71,8%, verificando-se igualmente uma subida de 7% na taxa de ocupação/cama. Segundo a AHETA, a generalidade dos mercados externos apresentou subidas, com destaque para os mercados do Reino Unido, da Holanda, da França e da Alemanha.

“O mercado espanhol registou uma descida, na linha do que vem acontecendo desde o início do ano”, indicou a associação. Os maiores crescimentos ocorreram em Lagos/Sagres (+15,7%), Tavira (+7,7%) e Monte Gordo/Vila Real de Santo António (+9,5%). De acordo com a associação dos hoteleiros, “desde o início do ano, a taxa de ocupação/quarto regista uma subida de 6,1% e o volume de negócios 13,6%”.

A taxa de ocupação global média/quarto acompanhou o aumento do volume de vendas, tendo registado um aumento de 6,4%, situando-se nos 71,8%, verificando-se igualmente uma subida de 7% na taxa de ocupação/cama. Segundo a AHETA, a generalidade dos mercados externos apresentou subidas, com destaque para os mercados do Reino Unido, da Holanda, da França e da Alemanha.

“O mercado espanhol registou uma descida, na linha do que vem acontecendo desde o início do ano”, indicou a associação.

Os maiores crescimentos ocorreram em Lagos/Sagres (+15,7%), Tavira (+7,7%) e Monte Gordo/Vila Real de Santo António (+9,5%). De acordo com a associação dos hoteleiros, “desde o início do ano, a taxa de ocupação/quarto regista uma subida de 6,1% e o volume de negócios 13,6%”.

Dinheiro Vivo, 04/11/2016