AL Seguros

Microempresas representam 84 por cento das insolvências

Apesar do aumento do número de insolvências declaradas, há uma diminuição das empresas que se apresentam à insolvência (-11%) e das empresas que são alvo de requerimento de insolvência (-8%).

Na extinção das empresas, a forma com mais expressão é a dissolução que em 2016 determinou o fi m de 42858 empresas, atingindo o nível mais elevado dos últimos anos.

Do total de processos de insolvência registados no primeiro trimestre de 2017, há 1502 empresas
que empregam até 5 pessoas, representando 71% do total. As empresas com entre 5 e 10 trabalhadores são 277, o que signifi ca 13% das insolvências. As PME representam apenas 16% e correspondem às empresas que
empregam entre 10 e 250 pessoas. Neste período não há registo de insolvências em empresas acima de 250 pessoas, ao contrário do que aconteceu em 2016.

A análise do volume de negócios das empresas confirma a dimensão reduzida da maioria das empresas em insolvência.

Do total de 6700 empresas, 5101 empresas, ou seja, 76%, têm uma faturação anual inferior a 250 mil euros. E apenas 7 empresas que entraram em insolvência no ano passado apresentavam um volume de vendas superior a 25 milhões de euros.

Vida Económica, 05/05/2017