AL Seguros

Comissões dos bancos renderam mais 100 milhões de euros num ano

A agência Lusa fez contas às comissões cobradas pela Caixa Geral de Depósitos, Millennium BCP, Santander Totta, BPI e Montepio Geral. No total, em 2017 estes cinco bancos arrecadaram 1.876,8 milhões de euros em receitas de comissionamento, mais 102,8 milhões do que os 1.774 milhões de euros conseguidos em 2016.

Em média, por dia estes bancos cobraram no total cinco milhões de euros em comissões no ano passado.

O Millennium BCP foi o banco que mais comissões cobrou em 2017 - o montante conseguido foi superior a 666,7 milhões de euros, mais 22,9 milhões do que em 2016.

Já a Caixa, banco público, cobrou mais 15 milhões em comissões em 2017, ascendendo a 465 milhões de euros o montante conseguido.

Quanto ao Santander Totta, cobrou 331,1 milhões de euros em comissões em 2017 (mais 25,4 milhões do que em 2016), e o BPI conseguiu mais 24 milhões de euros em comissões, tendo alcançado no ano passado 297 milhões de euros nestas receitas.

Por fim, o Montepio Geral conseguiu receitas de 117 milhões de euros em comissões em 2017, mais 16 milhões do que no ano anterior.

O Novo Banco e Crédito Agrícola ainda não apresentaram os resultados do ano passado.

As receitas de comissionamento dizem respeito a serviços mais diretamente relacionados com a banca tradicional (abertura de processos de crédito, aberturas de conta, por exemplo) e serviços relacionados com atividade de mercados financeiros (operações em bolsa, comissões de corretagem, gestão de ativos, por exemplo).

TSF, 15/02/2018