AL Seguros

Com quantos milhões é feita a incursão da China na Europa

A Bloomberg analisou 678 operações concluídas ou pendentes em 30 países, desde 2008, e cujos termos financeiros foram revelados. Em causa estão operações realizadas por empresas estatais ou privadas. No total foram investidos 255 mil milhões de dólares (207,5 mil milhões de euros) no continente europeu, ao longo dos últimos 10 anos.

A Bloomberg analisou também negócios sobre os quais não foram revelados os termos. E, incluindo estes, o total poderá superar os 318 mil milhões de dólares.

Foram compradas cerca de 360 empresas, desde a fabricante de pneus italiana Pirelli à empresa de leasing de aviões irlandesa Avolon. Empresas chinesas têm participações ou a totalidade do capital de, pelo menos, quatro aeroportos, seis portos marítimos, campos eólicos em, pelo menos, nove países, e 13 equipas de futebol profissional.

A Bloomberg elaborou um mapa, onde discrimina o número de negócios realizados por investidores chineses na Europa. Há dados por países, com a agência a revelar o número de operações, o valor total e o maior negócio.

Em Portugal, a maior operação foi a compra da posição da EDP, por parte da China Three Gorges, que representou 40% do total do investimento realizado por investidores chineses no mercado nacional. Entre os grandes negócios chineses em Portugal conta-se ainda a compra da REN e da Fidelidade, bem como a entrada da Fosun no BCP. A Bloomberg identifica 15 operações em Portugal, num investimento total de 8,69 mil milhões de dólares.

Jornal de Negócios, 23/04/2018