AL Seguros

Brexit o pedido de divórcio e as economias europeias

O período de negociações entre a União Europeia e o Reino Unido (2017-2019) para o Brexit vai fazer a economia britânica abrandar para 1,4% este ano e para 1% em 2018.

O cenário mais provável é um acordo de transição que permitirá estabelecer um regime de comércio livre limitado a alguns setores, com um prolongamento das negociações até 2021.

Em Portugal, o impacto será reduzido, esperando-se uma perda de 300 milhões de Euros na exportação de bens até 2021.

Holanda, Irlanda, Bélgica, Alemanha, França e Espanha serão os parceiros comerciais do Reino Unido mais  afetados pelo Brexit, por ordem de impacto.

COSEC, 3/05/2017