AL Seguros

Há 17 anos que a economia não crescia tanto na primeira metade do ano

Depois de um crescimento de 2,8% no primeiro trimestre, a expansão do Produto Interno Bruto no segundo trimestre foi de... 2,8%. É esse o valor avançado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), na estimativa rápida divulgada esta segunda-feira, para o crescimento da economia portuguesa em termos homólogos (isto é, em relação ao mesmo período do ano anterior). Um número que, antes de 2017, não era visto em Portugal há uma década, desde 2007.

Tudo somado, no conjunto do primeiro semestre do ano, o PIB cresceu 2,8% em relação aos primeiros seis meses de 2016. É o valor mais elevado registado no primeiro semestre desde o ano 2000, quando a expansão da atividade atingiu os 3,8%. Ou seja, há 17 anos que a economia portuguesa não crescia tanto na primeira metade do ano. Aliás, desde o primeiro semestre de 2010 - cerca de um ano antes da chegada da troika a Portugal - que o crescimento não chegava sequer à casa dos 2%. Até agora.

Expresso, 14/08/2017